23 de jul de 2009

Comida




Eu assim tão ninfeta
Faço a cama, ponho a mesa
Cheia de amor pra dar.

Finjo manha, abro sorriso
E até me faço de difícil
Só pra conquistar.

E vem você, sobremesa
Fala macia, surpresa
Pronta a me devorar.

3 comentários:

Cláudia Linck disse...

Aqui! Meu favorito!

Rodrigo Luz disse...

poesia....amooo...

essa é perfeita...

nem comento, me contento em aprecia-la...

30 e poucos anos. disse...

oooooopa...sentimentos se afloram !!!